Iema abre inscrições para nove cursos profissionalizantes integrados ao Ensino Médio

[rrssb buttons="whatsapp, facebook, linkedin, twitter, gplus, email"]

Com foco no desenvolvimento das diferentes regiões do estado, as três primeiras unidades do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) oferecerão 440 vagas em cursos técnicos integrados ao ensino médio em nove áreas de conhecimento. Instalados em São Luís, Bacabeira e Pindaré-Mirim, os institutos começam a funcionar em fevereiro.

As inscrições podem ser feitas exclusivamente via Internet, no endereço eletrônico da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), www.secti.ma.gov.br. Abertas desde sábado (12) até 4 de janeiro de 2016, mediante preenchimento de formulário eletrônico.

As oportunidades são destinadas para jovens de 14 a 17 anos, completados até 25 de maio de 2016, conforme lei nº 9.394/1996 (LDB). Eles devem ter concluído ou estarem cursando, em 2015, o 9º ano do Ensino Fundamental em estabelecimentos de ensino devidamente legalizados.

Não haverá prova e, entre os critérios de classificação, estará a proximidade do aluno entre a unidade do Iema e a escola de origem, uma vez que 80% das vagas serão destinadas a estudantes de escolas públicas.

Para a unidade do Iema de São Luís, são 160 vagas, distribuídas igualmente entre os cursos de Serviços Jurídicos, Informática, Meio Ambiente e Eventos.

A Unidade de Bacabeira irá ofertar 80 vagas para o curso de Logística, 40 para Mineração e 40 para Administração, totalizando 160 vagas. Em Pindaré-Mirim, o Instituto vai abrir 120 vagas, distribuídas igualmente, entre os cursos de Agropecuária, Recursos Pesqueiros e Serviços Jurídicos.

Os cursos foram escolhidos de acordo com as demandas locais, após consulta à população, ouvida em reuniões e audiência púbicas. Além disso, o Governo do Estado levou em consideração os estudos técnicos realizados pelo Instituto de Co-Responsabilidade pela Educação (ICE), que presta consultoria à Secti e é referência na promoção qualificada do ensino em escolas públicas.

Os Iemas são parte da política acesso à educação pública e ao ensino profissionalizante do governo Flávio Dino e executadas por meio da Secti. Até 2018, 23 municípios serão contemplados com unidades do instituto, que vão levar à sociedade estrutura para o Ensino, Pesquisa e Extensão com vistas no desenvolvimento do Maranhão.

Vagas ofertadas na Unidade Plena de São Luís

Curso de Serviços Jurídicos 40 vagas

Curso de Informática – 40 vagas

Curso de Meio Ambiente – 40 vagas

Curso de Eventos – 40 vagas

Vagas ofertadas na Unidade Plena de Bacabeira

Curso de Logística – 80 vagas

Curso de Mineração – 40 vagas

Curso de Administração – 40 vagas

Vagas ofertadas na Unidade Plena de Pindaré-Mirim

Curso de Agropecuária – 40 vagas

Curso de Recursos Pesqueiros – 40 vagas

Curso de Serviços Jurídicos – 40 vagas