Governo inicia a vacinação dos profissionais da imprensa no MA

[rrssb buttons="whatsapp, facebook, linkedin, twitter, gplus, email"]

O governo do Maranhão iniciou neste sábado (29), a vacinação dos profissionais de comunicação estado. A ação foi acompanhada pelos secretários de Saúde, Carlos Lula e de Comunicação, Ricardo Capelli que visitaram o Grupo Mirante e estiveram ao vivo, no Ponto Final, na Rádio Mirante AM.

O secretário Ricardo Capelli destacou a importância do trabalho da imprensa na difusão das informaçòes durante a pandemia

“A batalha contra o coronavírus é uma batalha contra o vírus, mas também é uma batalha pela informação de qualidade. O governo do estado está ampliando leitos, está se mobilizando para ampliar a vacinação, mas é muito importante nesse processo a colaboração e a participação da sociedade, que todos usem máscara, evitem aglomerações e mantenham as mãos limpas. E para que essas informações e essa parceria com a sociedade possa funcionar adequadamente, o papel dos profissionais de comunicação é decisivo. São os profissionais de comunicação que levam as orientações para a população, que informam a importância da vacinação. Não só a primeira dose, mas a segunda também e toda imprensa tem nos ajudado nessa comunicação. O profissionais de comunicação estão na linha de frente do combate ao coronavírus”, afimou Ricardo Cappelli.

Embora não estejam incluídos no Plano Nacional de Imunização pelo Ministério da Saúde, o secretário de Saúde do Estado, Carlos Lula disse que a vacinação dos profissionais de imprensa foi possível em função de uma reserva técnica para garantir a imunização de outros grupos que considera prioritário.

“A gente já tinha pontuada a necessidade de vacinar esse público específico, considerado serviço essencial, não parou durante a pandemia inteira, se expôs junto com os profissionais de saúde, inclusive fazendo coberturas dentro de hospitais, dentro de UTI, em áreas de Covid. A gente sabia da necessidade e importância de vacina-los. Então a gente teve esse possibilidade nesse momento que a gente acelera a vacinação no estado e compreendemos a importância de ser um dos primeiros estados a vacinar os profissionais da imprensa. É uma demanda justa e necessário a se fazer para proteger esse público específico”, afirmou o secretrario.